domingo, 14 de outubro de 2012

Raisin Swirl Bread da Dorie às Sextas




Quase no final, mas ainda a tempo aqui vai a minha participação em mais um desafio da Dorie às Sextas.
Quase não conseguia colocar o post pois hoje foi o aniversário da minha filha e no meio de tanta coisa para fazer ainda me faltava escrever o post.
Mas agora mais descansada aqui fica ele.
O pão é muito bom e aqui na festa toda a gente comeu e adorou.. :) um pão a repetir sem dúvida nenhuma.

Receita traduzida e colocada na página da Dorie às Sextas pelas suas anfitriãs:

Ingredientes:

pão:

2 colheres chá de fermento biológico activo
50 gr açúcar branco + 1 pitada
300 ml leite gordo, morno (à temperatura do corpo)
58 gr manteiga sem sal, à temperatura ambiente
3/4 colher chá de sal refinado
1 ovo grande
1/4 colher chá de extracto de baunilha ou raspa de 1/2 laranja ou 1 pitada de noz moscada
470 gr farinha de trigo
swirl:
 
1 colher sopa de açúcar
2 colheres chá de canela
2 colheres chá de cacau (não açucarado) (opcional)
1 medida de passas
50 gr. manteiga sem sal, amolecida para ser possível barrar


Preparação:


Nota: todo o processo referido abaixo para a batedeira pode ser realizado à mão.

Pão: ponha o fermento numa tigela pequena, acrescente uma pitada de açúcar e misture 60ml do leite morno. Deixe repousar 3 minutos e mexa - o fermento pode não ter dissolvido completamente e pode não ter começado a borbulhar, mas já deverá estar mole.
Com uma batedeira, de preferência equipada com pá, misture o restante leite, a manteiga e o restante açúcar, batendo em velocidade baixa por 1-2 minutos. Adicione o sal, ovo e baunilha ou raspa de laranja ou noz moscada, se usar, e misture por 1 minuto. A mistura poderá ter agora um aspecto encaroçado e desagradável (e ainda vai piorar quando acrescentar o fermento). Acrescente a mistura de fermento e bata em velocidade média-baixa durante mais 1 minuto.
Desliga a batedeira e acrescente 340g de farinha. Bata em velocidade baixa até que a farinha esteja incorporada nos líquidos - vai ficar com uma massa pegajosa. Se tiver gancho de massa, use-o agora. Adicione a restante farinha, aumente a velocidade para média e bata por 2-3 minutos. Se a massa não começar a quase limpar os lados da tigela, acrescente mais farinha, 1 colher de sopa de cada vez (até um máximo de 1/4 de medida). Mantenha a batedeira ligada em velocidade média e bata a massa por mais 3 minutos ou até que esteja lisa e com um brilho amanteigado. A massa vai estar muito mole.
Unte com manteiga uma tigela grande, vire a massa para lá e cubra bem a tigela com película aderente. Ponha o recipiente num local morno e deixe a massa levedar até dobrar de tamanho (aprox. 1h30).
Rape a tigela para um pedaço grande de película aderente, envolva bem a massa e ponha-a no congelador por 30 minutos ou até que esteja suficientemente firme para ser estendida facilmente (neste momento, pode refrigerá-la durante a noite, se for mais conveniente).

Swirl: unte com manteiga uma forma de pão ou de bolo inglês. Misture o açúcar, canela e cacau. Veja se as passas estão húmidas; se não estiverem, ferva-as por um minuto e depois seque-as bem.
Ponha a massa numa superfície grande, levemente polvilhada de farinha. Enfarinhe o topo da massa e estenda-a num rectângulo de 30cmx45cm.
Gentilmente, barre a massa com 2/3 da manteiga - isto é mais fácil se usar os dedos. Polvilhe com a mistura de açúcar e espalhe as passas por cima. Começando por um dos lados mais curtos, enrole o pão, garantindo que fica apertadinho. Encaixe o rolo na forma untada, com a costura para baixo, e entale as pontas.
Cubra a forma com papel vegetal untado com manteiga e coloque num local morno; deixe levedar até que cresça ligeiramente acima do limite da forma, aprox. 45 min.
Quando a massa estiver quase pronta, pré-aqueça o forno a 190ºC e coloque um tabuleiro ou grade a meio.
Derreta o restante 1/3 de manteiga (aprox. 15-20g) e pincele o topo do pão. Ponha a forma sobre o tabuleiro e asse durante 20 minutos. Cubra com papel de alumínio e asse por mais 25 minutos, até que o pão esteja dourado e o fundo soe oco. Transfira a forma para uma grade e deixe arrefecer 5 minutos. Desenforme e deixe arrefecer totalmente antes de servir.




21 comentários:

  1. Uma versão muito diferente deste típico pão. Mas adorei na mesma :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Nunca tinha ouvido falar neste pão... como é a versão original Diogo?
      bjs

      Eliminar
  2. Oi Mafalda, parece delicioso e macio.Beijos e um alinda semana.

    ResponderEliminar
  3. Ficou lindo, já fiz um parecido e gostei muito.
    Boa semana
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Ficou com um optimo aspecto este teu paozinho.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. aspecto e sabor... estava delicioso.. :)
      beijocas

      Eliminar
  5. Adorei o aspeto do miolo deste pão, está 5*****
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Olá Mafalda, que bonito que ficou o pão!
    Mas já vi que há muitas outras coisas boas por aqui :)
    Já respondi no LB, mas aqui fica: julgo que poderá encontrar a abóbora Hokkaido no Continente, sim, uma vez que estavam a promovê-las precisamente num evento ligado a este hipermercado.
    Um beijinho e continuação de boas receitas
    Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Teresa,
      Vou pocurar no Continente, á la vi algumas abóboras agora tenho quperceber qal éa Hokkaido.
      Um beijinho

      Eliminar
  7. O pão ficou com um interior bem bonito e apelativo
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Olá Mafalda:)
    Esse pão enrolado deve ser uma maravilha! E ficou lindo, adoro o efeito do interior!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava óptimo Alice,
      Obrigado pela visita,
      Um beijinho

      Eliminar
  9. Um efeito visual fabuloso, num pão que, de sabor, só pode ser sublime!!Beijocas,
    Lia.

    ResponderEliminar